Visto americano para Chicago e Estados Unidos
Planejamento

Como tirar o visto para os Estados Unidos

Saiba como tirar o visto para os Estados Unidos. Essa é uma das informações mais importantes para planejar uma viagem internacional. Portanto, se você vai viajar a alguma cidade dos EUA ou descer em algum aeroporto de lá para fazer uma conexão, é essencial se inteirar sobre o assunto, para que todo o trajeto ocorra sem problemas. Existem diversos tipos de visto americano, cada um com um objetivo diferente. Veja a seguir tudo sobre o visto e confira também a nossa matéria com o que é preciso para viajar a Chicago.

Preenchendo o formulário de visto para Chicago e Estados Unidos

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito na sua viagem a Chicago. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem a Chicago. Agora veja tudo sobre como tirar o visto para os Estados Unidos.

O visto para os Estados Unidos é obrigatório ou não?

Assim como o passaporte, o visto de entrada também é um documento obrigatório para entrar nos Estados Unidos. Para obtê-lo, é necessário ter em mãos um passaporte brasileiro, que você pode emitir no posto da polícia federal mais próximo à sua residência por um custo de 260 reais. Já para tirar o seu visto de entrada, você deverá ir ao Consulado Americano e pagar uma taxa de 160 dólares. O visto costuma ser emitido em torno de 10 dias, a partir da data de seu requerimento. Ainda assim, é indicado providenciar tanto o seu passaporte quanto o seu visto de entrada com pelo menos 3 meses de antecedência de sua viagem. Dessa forma, você poderá lidar com possíveis imprevistos, caso eles apareçam, visto que esses documentos são essenciais.

Passaporte e visto de entrada para Chicago

Tipos de visto americano

Existem diversos tipos de visto americano, sendo que cada um tem o seu objetivo e suas regras a cumprir. Veja a seguir, quais são eles:

  • A-1 e A-2: visto para funcionários de governos e diplomatas
  • A-3: visto para empregadas domésticas
  • B-1: visto de negócios, que também pode ser usado para quem vai participar de algum evento
  • B-2: visto de turismo ou para quem vai se submeter a um tratamento médico
  • C-1: visto para pessoas com conexão nos Estados Unidos
  • C-1 e D: visto com a mesma categoria acima, porém destinado a tripulantes de aviões e marítimas
  • E-1: visto para comerciantes, desde que seja de um país que tenha um tratado de comércio e navegação com os EUA
  • E-2: visto para investidores
  • EB5: visto de investimentos para imigrantes
  • F-1: visto para estudantes vocacionais ou acadêmicos
  • H: visto para trabalhos temporários, incluindo estágios
  • I: visto para jornalistas e pessoas da mídia
  • J-1: visto de intercâmbio
  • K-1: visto de noivo/noiva (“Fiance”), para pessoas que estão noivas de cidadão americano para que possa viajar aos Estados Unidos a fim de se casar e morar no país
  • L-1: visto de trabalho temporário, para transferência de sócios, executivos e especialistas de uma empresa que pretende abrir ou que já tenha uma filial nos Estados Unidos
  • O-1: visto de trabalho para pessoas com habilidades extraordinárias, em áreas de ciências, artes, educação, negócios e atletismo ou feitos extraordinários em produção de televisão e filmes, e à equipe de apoio essencial
  • P-1: visto para artistas e atletas de reconhecimento internacional, e também à equipe de apoio essencial
  • Q: visto para intercâmbio cultural
  • R-1: visto destinado a religiosos

Tipo de visto de entrada para Chicago e Estados Unidos

Os principais vistos americanos tirados pelos brasileiros

Os tipos de vistos mais tirados pelos brasileiros para ir aos Estados Unidos são o de turismo, de estudante, de negócios e de imigrante. Dentre eles, o principal é o visto de turismo, de categoria B-2. Neste caso, a pessoa não pode trabalhar nem estudar no país, com exceção de cursos de baixa carga. Ele permite ao turista permanecer por até 6 meses na cidade (dependendo do oficial da imigração), com direito a passeios e outras atividades relacionadas.

Formulário de visto de entrada para Chicago e Estados Unidos

O segundo tipo de visto mais requisitado pelos residentes brasileiros para viajar aos Estados Unidos é o de estudante, de categoria F1. Para ele, é necessário que o turista comprove que está admitido em alguma instituição de ensino aprovada pelo Serviço de Imigração. Outra questão é a necessidade da apresentação de documentos que mostram como se manterá por lá, ou seja, se terá condições financeiras para ficar no país sem ter que trabalhar.

Viajante com visto de entrada para Chicago e Estados Unidos

Tempo de validade dos vistos americanos tirados pelos brasileiros

Uma informação importante para quem pretende tirar o seu visto americano para viajar aos Estados Unidos é em relação à validade dele. Esse tempo depende do agente que irá entrevistar você e do tipo de visto requerido, mas normalmente ele é válido por 10 anos, seja para turismo ou estudos, por exemplo. Em raros casos, é possível adquirir um visto com limite de apenas três meses ou que permita apenas uma viagem em um período determinado pelo agente. Vale ressaltar que o período de validade do visto não tem relação com o tempo de permanência no país, que costuma ser menor. Eles são estipulados de acordo com fatores diferentes e, portanto, são distintos.

Modelo de visto de entrada para Chicago e Estados Unidos

Passo a passo para tirar o visto americano para os Estados Unidos

Para ajudar você a tirar o seu visto americano obrigatório para os Estados Unidos, nós preparamos um passo a passo simples e bem detalhado de todo o processo. Confira a seguir cada etapa para a emissão deste documento:

Passo 1: Acesse o site (ceac.state.gov/genniv/)e preencha o formulário de solicitação de visto DS-160. As perguntas estão todas em inglês, mas ao colocar o cursor do mouse em cima delas, aparece a tradução em português. Uma dica é ao fim de cada página, salvar o que já tiver sido feito, e é importante também guardar o número do Application ID, para entrar novamente no formulário. Ao terminar esse processo, imprima a página de confirmação e guarde-a com você. Qualquer dúvida que tiver para preencher o formulário DS-160 para o visto americano, podem ser esclarecidas através deste link: travel.state.gov/content/travel/en.html

Exemplo de formulário DS-160 para Chicago e Estados Unidos

Passo 2: Ao final do preenchimento do formulário, é feito o pagamento da taxa de visto. Geralmente, essa taxa custa 160 dólares, porém cada tipo de visto possui um preço diferente, então confirme antecipadamente qual será o seu e já inclua esse valor em seu orçamento de viagem. O pagamento não é feito no mesmo local onde é preenchido o DS-160, mas em outro sistema que é indicado. Você deverá criar o seu cadastro nesse site e fazer o pagamento em boleto ou cartão.

Compras com cartão de crédito em Chicago

Passo 3: Logo após preencher o formulário DS-160, é necessário agendar uma entrevista no Consulado Geral dos Estados Unidos da América. Para isso, você deve se cadastrar no site de solicitação do visto americano (ais.usvisa-info.com/pt-br/niv) e seguir as etapas indicadas para o agendamento. Tenha em mãos a página de confirmação do formulário DS-160, pois ela conta com um código de barras e o número de seu passaporte. No caso de um novo visto para os Estados Unidos, será preciso agendar a entrevista no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) em um dia e em outro, no Consulado Americano. No caso de renovação, é preciso ir apenas ao CASV. O próprio sistema irá informar sobre isso.

Consulado Geral dos Estados Unidos da América no Brasil

Passo 4: No dia da entrevista no CASV, leve o formulário DS-160 preenchido, o seu passaporte e o comprovante de pagamento de taxa. Lá serão recolhidos seus dados biométricos, ou seja, as impressões digitais de todos os dedos, e será tirada uma foto sua. Eles são bastante rigorosos e não é permitido entrar com bolsas ou mochilas. Porém, não há local para guardar lá, então uma alternativa é deixar suas coisas no carro ou em guarda volumes próximos que são pagos.

Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto no Brasil

Passo 5: Já no dia da segunda entrevista, que é feita no Consulado Americano ou na Embaixada, é necessário levar seu passaporte e a página de confirmação do formulário DS-160. Há alguns outros documentos que eles recomendam levar, que estão descritos no site. Estes documentos são para comprovar que você possui condições financeiras de ir aos Estados Unidos e que tem uma vida estável aqui no Brasil e, portanto, não tem intenção de morar lá. A entrevista é rápida, em português, e os atendentes fazem algumas perguntas básicas, como por exemplo o que você faz, com quem está indo e se sabe falar inglês. Fale sempre a verdade e tente manter a calma.

Emissão de visto para Chicago e Estados Unidos

Passo 6: Após essas etapas, basta aguardar o status de aprovação do seu visto de entrada americano. Caso seja aprovado, você o receberá em sua casa ou no CASV escolhido. As chances de dar tudo certo são grandes, porém como eles não podem permitir a entrada de todos, alguns são escolhidos e pode acontecer do seu visto não ser aprovado. Se infelizmente isso acontecer, fique calmo, pesquise bem sobre o assunto e tente novamente. E se for aprovado, o seu próximo foco deve ser a imigração para entrar em Chicago e nos Estados Unidos, então confira a nossa matéria com mais dicas para que a sua viagem siga com tranquilidade.

Visto de entrada aprovado para Chicago e Estados Unidos

Perguntas mais comuns na entrevista para a retirada do visto americano para os Estados Unidos

Muitos turistas temem a hora da entrevista com o agente no Consulado Geral dos Estados Unidos da América para tirarem o seu visto de entrada. Então, para ajudá-lo, nós separamos algumas categorias de perguntas mais comuns que são feitas durante a entrevista. Assim, você pode se preparar melhor e ir mais confiante para a sua entrevista.

1) Perguntas básicas: idade? profissão? profissão dos pais? estuda? trabalha?

2) Perguntas relevantes: qual sua renda? (leve comprovantes) motivo da viagem? vai viajar sozinho ou com alguém?

3) Perguntas sobre a viagem: porque está indo para os Estados Unidos? sabe falar inglês? quanto tempo pretende ficar? com que renda se sustentará por lá?

Entrevista para tirar o visto para Chicago e Estados Unidos

Assessoria para tirar o visto dos EUA de graça!

O Consulado Americano está a cada dia mais exigente na aprovação de vistos de turista. Por isso, nós sempre recomendamos que você use o serviço de assessoria para vistos. São empresas especializadas que ajudam em todo o processo para que você tire o visto sem dores de cabeça. Eles ajudam com tudo e as chances de ter o visto aprovado acabam sendo bem maiores.

Assistência para vistos americanos

Nós conseguimos oferecer para nossos leitores esse serviço praticamente de graça! Fechamos uma super parceria com uma das maiores operadoras de turismo do Brasil. Se quiser, veja aqui todos os detalhes da assessoria de visto para os EUA. São vários diferenciais em relação às outras assessorias, incluindo o “cashback”, que faz com que tudo saia praticamente de graça:

  • Valor e parcelamento da taxa: O preço é muito bom, sendo um dos melhores do mercado. E além de poder parcelar, você pode escolher a opção que já tem a taxa do consulado inclusa e parcelar ela junto. Essa taxa é alta e você teria que pagar à vista lá no consulado.
  • Cashback: Eles oferecem a opção de “cashback”, que reembolsa todo o dinheiro pago em forma de crédito, para você usar para a sua viagem! Esse site já é o que possui os ingressos das atrações de Chicago, o seguro viagem, aluguel de carro e hotéis por preços imbatíveis. É o lugar que nós sempre indicamos para fechar sua viagem porque os preços realmente são sensacionais e o atendimento é excelente. Você contrata a assessoria e depois recupera todo o seu dinheiro gasto com qualquer serviço do site.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Chicago

Agora que você já viu tudo sobre como tirar o visto para os Estados Unidos, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Chicago é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto do centro turístico da cidade. Lá está a maior parte das atrações e pontos turísticos, e ficando bem localizado, você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Chicago, que tem as dicas das melhores regiões para se hospedar na cidade e também de como achar hotéis incríveis em promoção nessas áreas que são super disputadas.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Chicago

Uma dica essencial é não deixar de alugar um carro em Chicago. Os outlets, shoppings e alguns pontos turísticos não ficam tão perto, e com o carro você chega a qualquer lugar em pouco tempo. E para fazer compras, ele é ainda mais essencial. Se quiser, veja nossa matéria completa de aluguel de carro em Chicago com tudo o que você precisa saber para conseguir preços incríveis usando comparadores de preços excelentes. com diversas promoções disponíveis. É muito mais barato do que as pessoas pensam e vale muito a pena para curtir ainda mais sua viagem. E com o carro, você pode viajar para as praias à beira do lago Michigan e outras regiões interessantes ao redor. Alugar um carro em sua viagem a Chicago ajuda muito no dia a dia.

Dica para usar o seu celular em Chicago

Outra dica importante é que poder usar seu celular à vontade em Chicago é essencial, pois ele acaba sendo muito útil e vale muito a pena. Você pode usar os aplicativos de cupons de desconto, usar o GPS para chegar nos lugares, pesquisar os endereços e horários das atrações e shows, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e, lógico, ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem nas redes sociais. E a grande maioria dos pontos turísticos em Chicago possuem aplicativos incríveis dos lugares com todas as informações, dicas e mapas que os turistas precisam. Se quiser veja aqui como usar o seu celular em Chicago, com dicas de como usar seu celular lá à vontade e pagando super barato. E você vai poder pesquisar tudo sobre como tirar o visto para os Estados Unidos quando estiver lá.

Dica para usar o seu celular em Chicago

Ingressos mais baratos para TUDO em Chicago!

Nós fizemos uma parceria com uma das maiores operadoras de turismo do Brasil, que vendem ingressos para todas as atrações de Chicago. Além de vender todas as atrações, eles possuem o melhor preço garantido. Nós já pesquisamos muito nas últimas viagens e eles realmente possuem os ingressos bem mais baratos. Sem falar no atendimento que é excelente e 24 horas. Clique aqui em Ingressos para Chicago e confira a grande quantidade de atrações que eles possuem e como os preços são realmente incríveis. Outro ponto que vale destacar é que nesta loja, é possível encontrar, também, o serviço do Go Card. Esse passe turístico é perfeito para quem deseja conhecer as maiores atrações de Chicago, evitar filas e, ainda, economizar muito.

Ingressos para as atrações de Chicago

Não se esqueça do Seguro Viagem Internacional

Outra dica é não esquecer de fazer o Seguro Viagem Internacional de jeito nenhum, pois ele é importantíssimo e ninguém deve sair do Brasil sem fazer um. Se quiser, veja nossa matéria de Seguro Viagem para Chicago e os EUA, com dicas de como fazer um bom seguro e conseguindo um preço incrível. É super barato e vale muito a pena.

Veja outras matérias imperdíveis de Chicago:

O que fazer em Chicago: Dicas dos principais passeios e lugares para conhecer.
Compras em Chicago: Tudo sobre os melhores lugares para fazer compras.
Como achar hotéis muito baratos em Chicago: Incrível pesquisador e dicas excelentes.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *